Blog voltado para a divulgação da Aviação Comercial, Militar e Civil, mostrando através de textos informativos e
fotos, as aeronaves, suas histórias e curiosidades, Operações Militares, Eventos Aeronáuticos e muito mais!

Seja bem-vindo a bordo!!!

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Aeroclube de Santa Catarina - 77 Anos





Neste último final de semana o Aeroclube de Santa Catarina (ACSC), localizado no município de São José/SC, completou 77 anos de existência. Para comemorar a data, a instituição organizou no Sábado (20/09) um evento aeronáutico que reuniu, além dos sócios, familiares, convidados e amantes da aviação, um grande público, que teve a oportunidade de conhecer de perto os aviões e as atividades desenvolvidas pelo Aeroclube, além de poder acompanhar durante todo o dia, o pouso e a decolagem das aeronaves, apresentações de acrobacia aérea, paraquedismo, demonstrações operacionais com os helicópteros da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, entre outras.  Além das aeronaves utilizadas na instrução aérea e das particulares que ficam sediadas no local, o Aeroclube recebeu a visita de aviões de outras regiões do Estado, transformando o acontecimento numa grande confraternização.



Algumas aeronaves do Aeroclube de Santa Catarina expostas em frente ao Hangar principal, tendo como cenário de fundo, o Morro da Pedra Branca.




O público que compareceu ao Aeroclube pode conhecer de perto as aeronaves utilizadas na atividade de instrução aérea.


Durante o evento também ocorreu um breve cerimonial, com a presença de autoridades civis e militares e a entrega de medalhas comemorativas aos alunos, instrutores de voo e demais membros que se destacaram ao longo do ano nas atividades aéreas e às pessoas que de alguma forma contribuíram com a Instituição. Em sua fala, o atual Presidente do Aeroclube de Santa Catarina, Sr. Luiz Adauto Costa, relembrou fatos da história do Aeroclube, enalteceu o trabalho e as atividades desenvolvidas ao longo do tempo e reforçou as atuais parcerias que a entidade mantém com a Faculdade de Tecnologia e Escola de Aviação Civil AeroTD, a Flight Escola de Aviação e também com o SENAI/SC. A banda de música da Base Aérea de Florianópolis (BAFL) também esteve presente, finalizando sua participação com a execução do Hino do Aviador.



Presidente do Aeroclube de Santa Catarina, Sr. Luiz Adauto Costa.



O evento também contou com a presença de autoridades civis e militares.



Banda de música da Base Aérea de Florianópolis (BAFL).


Um pouco de história


No final da década de 30, a aviação brasileira vivia uma fase de expansão, com a atividade aérea popularizando-se e difundido-se por todo o país. Colaborando com este fato, surge a Campanha Nacional da Aviação, instituída no governo de Getúlio Vargas e idealizada pelo jornalista Assis Chateaubriand e pelo então Ministro da Guerra, Sr. Joaquim Pedro Salgado Filho. Também chamada de Campanha para Dar Asas à Juventude Brasileira ou Deem Asas ao Brasil, tinha o objetivo de fomentar e consolidar a Aviação Civil no Brasil, através da doação de aviões ou de dinheiro e materiais para a sua construção, além da implementação de campos de pouso e ampliação dos já existentes e a criação de Aeroclubes.



Um dos Cessna 150M do Aeroclube traz na fuselagem o nome do primeiro Presidente da Instituição, o Sr. Franklin Ganzo.



Planador Grob G103 em frente ao Hangar que leva o nome do Dr. Aberbal Ramos da Silva, ex-Governador do Estado e um dos grandes incentivadores e colaboradores para o crescimento do Aeroclube de Santa Catarina.


É nesse contexto que surge o Aeroclube de Santa Catarina, na época, Aeroclube Catarinense, fundado em 21 de setembro de 1937 e tendo como seu primeiro Presidente, o Sr. Franklin Ganzo. Contando com somente uma aeronave e ainda sem estrutura própria, o Aeroclube utilizou inicialmente as instalações da então Base Aérea da Ressacada, atual Base Aérea de Florianópolis, na época, pertencente à Aviação Naval da Marinha do Brasil. Alguns anos se passaram até que o Aeroclube finalmente ganhasse sua sede própria, num terreno localizado no município de São José, mais precisamente no Distrito de Campinas. A pista principal ficava exatamente onde hoje situa-se a Avenida Lédio João Martins, também conhecida como Avenida Central do Kobrasol, sendo hoje, uma das mais movimentadas do município e um dos principais centros nervosos da prestação de serviços e de comércio de São José. Com a criação do empreendimento imobiliário Kobrasol na década de 70, a rápida urbanização e o crescimento populacional e imobiliário no entorno do Aeroclube, tornaram impraticável a sua permanência no local, limitando as atividades aéreas e trazendo sérios riscos para a segurança de voo. Sendo assim, em junho de 1977, o Aeroclube de Santa Catarina transfere-se para a sua atual área, localizada no bairro Sertão de Imaruim, também no município de São José. A mudança de endereço além de proporcionar segurança, ampliação do espaço físico e instalações mais apropriadas, também permitiu ao Aeroclube o incremento de suas atividades.


O Aeroclube de Santa Catarina hoje:


Ocupando uma área com cerca de 400 mil metros quadrados, no bairro Sertão do Imaruim, em São José/SC, com  acesso pela Rodovia SC-407, o Aeroclube de Santa Catarina conta hoje com uma estrutura compatível com a atividade de formação profissional de pilotos civis, composta por diversos hangares para manutenção e abrigo das aeronaves, pátio de manobras, alojamentos, salas de Briefing e Debriefing, salas de aula onde são ministradas a parte teórica dos cursos (Ground School) e as provas de equipamentos, além de pista asfaltada com 900 metros de extensão e 18 metros de largura. Atualmente são oferecidos os cursos de Piloto Privado (PP), Piloto Comercial (PC), Instrutor de Voo, Piloto de Planador, Iniciação Aeronáutica e Paraquedismo. Para saber mais sobre a Aeroclube e os cursos oferecidos, acesse sua a página oficial:

http://www.aeroclubesc.com.br/2013/?id=index



Além das aeronaves utilizadas para a instrução aérea, a estrutura do Aeroclube é formada por diversos hangares para a manutenção e guarda das aeronaves dos seus associados.


A frota atual de aeronaves utilizadas pelo Aeroclube nas diversas modalidades de instrução aérea incluem dois Aero Boero AB 115 (PP-GNV e PP-GFD), um Aero Boero AB 180 (PP-FLT), ambos de fabricação argentina, dois Cessna 150M Commuter (PR-SCT e PR-ASF), um Cessna 177 Cardinal (PT-ION), um Neiva P-56C Paulistinha (PP-HOR) e três planadores, sendo um Grob G103 Twin Astir II (PT-PJE), de desenho alemão, um IPE 02B Nhapecan (PP-FAM) e um KM-1 Quero-Quero (PT-PGC), estes dois últimos de construção nacional.


Aero Boero AB 115 - PP-GNV (c/n 332-B)


Aero Boero AB 115 - PP-GFD (c/n 239-B)


Aero Boero AB 180 - PP-FLT (c/n 111-B)


Cessna 150M Commuter - PR-SCT (c/n 15077400)


Cessna 150M Commuter - PR-ASF (c/n 15077695)


Planador Grob G 103 Twin Astir II - PT-PJE (c/n 3779)


Planador IPE 02B Nhapecan - PP-FAM (c/n 030)


Planador KM-1 Quero-Quero - PT-PGC (c/n 060)


O Aeroclube de Santa Catarina é identificado na ICAO (International Civil Aviation Organization, ou Organização Internacional de Aviação Civil) com o código SSKT. É um aeródromo privado que atende todas as exigências do Código Brasileiro de Aeronáutica (CBA) e da Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC), sendo inclusive utilizado como alternativa de pouso e permanência para tráfegos de pequeno porte com destino ao Aeroporto Internacional Hercílio Luz, localizado no município vizinho de Florianópolis, principalmente em épocas de grande movimentação, como o Natal e o Ano Novo, por exemplo.


Bandeiras do Aeroclube de Santa Catarina, do município de São José, do Brasil e de Santa Catarina tremulando ao vento.

Outro aspecto importante do Aeroclube é a sua vocação como centro agregador e de difusão do conhecimento aeronáutico. Colaborando com esta afirmação, em junho de 2009 foi firmado um convênio com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) de Santa Catarina para a formação de pilotos. Através desta parceria, os alunos da Instituição de Ensino, localizada no próprio município de São José, têm as aulas teóricas no SENAI e o Aeroclube fica responsável por ministrar as aulas práticas. Recentemente também foi instituído o Aeropark de São José, instalado em área próxima ao Aeroclube e resultado da parceria com o Grupo Pedra Branca e a Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). O projeto é audacioso e prevê a criação de um parque tecnológico que, entre suas áreas de atuação, contempla o ramo aeronáutico com a instalação de empresas ligadas ao setor, incluindo o projeto e construção de aeronaves e a formação de profissionais como pilotos, mecânicos, engenheiros aeronáuticos, entre outros.


Placa alusiva à criação do Aeropark.

Embora não seja fruto direto do Aeropark, os aviões produzidos pela empresa Wega Aircraft, instalada no município vizinho de Palhoça, ilustram muito bem o potencial que o projeto pode ter. Fundada em março de 2006 pelo mecânico de aeronaves Jocelito Carlos Wildner, o empreendimento nasceu com o objetivo de fabricar kits de aeronaves leves, utilizando técnicas e componentes de última geração. Entre seus produtos estão o Wega ULM, o Wega 180 e o Wega 210. As aeronaves são fabricadas no galpão da firma e posteriormente montadas e testadas utilizando-se as instalações e a pista do Aeroclube de Santa Catarina. Ano passado a empresa levou dois de seus aviões Wega 180 em um voo histórico de São José até a Flórida, nos Estados Unidos, onde as aeronaves participaram da Sun n’ Fun, considerada a segunda maior feira aeronáutica do mundo e a mais expressiva com relação aos negócios. A excelência do projeto pode ser medida pelo enorme interesse que os aviões despertaram no público presente na feira, servindo para dar visibilidade ao produto e gerando a expectativa de poder atrair investidores e alavancar a produção em série do modelo.



 Wega 180 - PU-OLN (c/n JCW004-06)



Wega 180 - PU-ERW (c/n JCW001-06)



As duas aeronaves, lado a lado.


O evento:


Contrariando as expectativas, que previam um céu com muitas nuvens e até chuviscos ocasionais, o tempo em São José amanheceu com Sol, céu azul e vento calmo, condições ideais para um evento aeronáutico. O público que compareceu ao Aeroclube de Santa Catarina pode ver de perto a frota de aeronaves utilizadas para a instrução aérea, que permaneceram durante todo o dia em exposição estática em frente ao seu hangar principal. Além destes, os presentes puderam acompanhar a chegada de diversos aviões e helicópteros sediados no próprio Aeroclube bem como de outras localidades que vieram prestigiar o evento.



Schweizer 300C - PT-YDQ (c/n S1756)


Robinson R44 Raven I - PP-WME (c/n 1459)


 Alon A-2 Aircoupe (c/n A-136)


Cessna 310R - PR-FGG (c/n 310R1276)


As forças de segurança do Estado de Santa Catarina também prestigiaram o aniversário do Aeroclube. A Polícia Civil compareceu com seu Helibras HB-350B2 Esquilo (PT-HZF), denominado de “Polícia 01”. Já o Batalhão Aéreo da Polícia Militar enviou seu Agusta AW-119 Koala (PR-PMM), que utiliza o código “Aguia 2” e o Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar, seu Eurocopter AS-350B2 Esquilo (PR-HGR), chamado de “Arcanjo 01”. Estes dois últimos demonstraram ao público toda a versatilidade de seus equipamentos e o preparo de suas tripulações. O Koala da PM realizou uma ação simulada de abordagem a um suspeito em terra. Por sua vez, o helicóptero do Corpo de Bombeiros fez uma demonstração da utilização de equipamento para resgate de pessoas em locais de difícil acesso ou em ambientes aquáticos.



Em primeiro plano, o helicóptero Aguia 2 da Polícia Militar. Ao seu lado, o Arcanjo 01 do Corpo de Bombeiros Militar e ao fundo, o Polícia 01 da Polícia Civil.




Lado a lado, os Esquilos do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil






Helibras HB-350B2 Esquilo - PT-HZF "Polícia 01" - Polícia Civil/SC (c/n 2772)



Eurocopter AS-350B2 Esquilo - PR-HGR "Arcanjo 01" - Corpo de Bombeiros Militar/SC (c/n 3771)



Agusta AW-119 Koala Mk.II - PR-PMM "Águia 2" - Polícia Militar/SC (c/n 14740)


A sequência de fotos abaixo mostra a simulação de abordagem de um suspeito em solo feita pelo helicóptero Agusta AW-119 Koala da Polícia Militar:




Aproximação com o suspeito ma mira.


Enquanto um policial desce, o outro membro da equipe a bordo permanece atento.



A abordagem.


Durante toda a ação, o helicóptero permanece em voo pairado, controlando a situação do alto.


Com o suspeito dominado...


...a equipe retorna ao helicóptero. Observe o policial dando cobertura.



Missão encerrada! Todos a bordo, é hora de partir.


Acompanhe a partir de agora a demonstração feita pelo helicóptero Esquilo do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, com a utilização de um cesto para resgate em locais de difícil acesso:














Show Aéreo sem acrobacia aérea e paraquedismo não pode ser completo. Sendo assim, tivemos a presença de uma aeronave Christen Eagle II da Equipe Tuareg Aerobatics, que fez duas demonstrações durante o evento, encantando a todos com o arrojo e a beleza das manobras. Houve ainda uma demonstração de paraquedismo feita por integrantes do Clube e Escola Skydive, que ocupa as dependências do Aeroclube, realizada por um verdadeiro clássico da aviação, um Cessna 180D Skywagon.











Painel de instrumentos do Christen Eagle II.


Detalhe do display de apresentação, preso ao painel de instrumentos.




Cessna 180D Skywagon, utilizado no lançamento dos paraquedistas.


Agradecimentos:


O blog Aviação em Floripa parabeniza o Aeroclube de Santa Catarina pela passagem dos seus 77 anos e aproveita este espaço para agradecer a todos que de alguma forma contribuíram para a realização desta matéria, seja pela facilidade de acesso aos locais ou pelas informações disponibilizadas. Sem estes requisitos, esta cobertura fotográfica e jornalística não teria sido possível.




Além dos registros fotográficos que compuseram a matéria, apresentamos abaixo uma coleção de fotos feitas durante o aniversário do Aeroclube, que mostram parte das aeronaves presentes ao evento. Para visualizá-las em tamanho maior, clique sobre as mesmas.




Planadores





Aero Boero AB 180 - PP-FLT (c/n 111-B)







Fairchild PT-19A - PP-GFT (c/n OT-42-1671)




Cessna 150M Commuter - PR-ASF (c/n 15077695)



Embraer 810C Seneca II - PT-EYA (c/n 810265)



Aero Boero AB 115 - PP-GNV (c/n 332-B)





Schweizer 300C - PT-YDQ (c/n S1756)






Cessna 182P Skylane - PT-KQK (c/n 18264021)



Christen Eagle II - PR-ZOE (c/n 0223)



Embraer 712 Tupi - PT-NUS (c/n 712024)






Van's RV-10 - PR-ZIA (c/n FVE-2120)





Eurocopter AS-350B2 Esquilo - PR-HGR (c/n 3771)




Agusta AW-119 Koala Mk.II - PR-PMM (c/n 14740)




Aero Bravo 700 - PU-PBL (c/n 065)






Evektor EuroStar SLW - PU-VGD (c/n 2013-1616)




Robinson R44 Raven I - PP-WME (c/n 1459)





Van's Flyer RV-7 - PR-ZFZ (c/n FVE-2105)




Embraer 711ST Corisco Turbo - PT-RJI (c/n 711339)







Lancair Legacy 2000FG - PT-ZHE (c/n LS-233)





Wega 180 - PU-OLN (c/n JCW004-06)



Inpaer Conquest 180 - PU-OMM (c/n 056/2007)



Cessna 172N Skyhawk II - PR-BMI (c/n 17272568)



Flyer 500BR Pelican - PU-FAI (c/n FP-1456)



Beechcraft Bonanza H35 - PR-CLJ (c/n D-5027)


Créditos:


Na elaboração desta matéria foram consultadas as seguintes fontes:

Página oficial do Aeroclube de Santa Catarina

Matéria: Nas asas do Aeroclube de Santa Catarina

Documentário da TV AL ao Aeroclube de Santa Catarina – 75 anos

Matéria: SENAI e Aeroclube de SC assinam convênio para a formação de pilotos

Página oficial da Wega Aircrafts

Matéria: Avião experimental fabricado em Palhoça carrega lição sobre a busca de um sonho